5 benefícios do RPA para empresas: automatização de processos e aproveitamento da tecnologia Low-Code

A Automação Robótica de Processos (RPA) surgiu como uma tecnologia transformadora por meio de robôs para automatizar tarefas repetitivas e manuais em processos de negócios. São configurados para substituir ações humanas, como clicar em botões, preencher formulários e mover arquivos entre aplicativos e, desta forma, executam essas tarefas automaticamente. Assim,  as empresas conseguem agilizar suas operações e melhorar a eficiência, automatizando tarefas manuais e repetitivas. Com o advento da tecnologia low-code, o RPA tornou-se ainda mais acessível e poderoso, pois consegue se conectar a outras soluções de mercado que também são low code, acelerando mais ainda a transformação digital da empresa, possibilitando que as áreas de negócio estejam à frente dessa transformação e não somente o time de T.I.

Mas antes, o que é  Low- Code?

A tecnologia ‘Low Code’ usada no desenvolvimento de software se destaca por sua exigência reduzida, ou até mesmo ausência de codificação para a construção de aplicativos e processos. Em lugar de depender de linguagens de programação complexas, esta modalidade faz uso de interfaces visuais com lógica básica e funcionalidades de arrastar e soltar, presentes em uma plataforma de desenvolvimento dedicada a essa abordagem.

Neste artigo, exploraremos cinco benefícios principais da RPA para as empresas, focando em como ajudar a automatizar processos e utilizar a tecnologia low-code para impulsionar a excelência operacional e o crescimento dos negócios.

1. Aumento de eficiência e produtividade:

O RPA permite que as empresas automatizem tarefas rotineiras e demoradas, liberando recursos humanos valiosos para se concentrarem em atividades de maior valor. Sendo que, ao automatizar processos, o RPA reduz erros, acelera a conclusão de tarefas e melhora a eficiência geral. De acordo com um estudo da McKinsey, o RPA pode automatizar até 70% das tarefas repetitivas, resultando em um aumento significativo na produtividade. Nessa perspectiva, somando com o uso da tecnologia low-code, esse benefício pode se tornar ainda maior devido ao uso de uma plataforma fácil de ser operada para projetar e implantar fluxos de trabalho de automação, mesmo sem amplo conhecimento de codificação.

2. Economia de custos:

A implementação do RPA pode trazer corte de custos para as empresas. Ao automatizar processos, as companhias podem reduzir os custos de mão de obra associados à entrada manual de dados, validação de dados e tarefas repetitivas. De acordo com um relatório da Deloitte, a RPA pode proporcionar poupanças de custos de até 50% em operações de back-office. Além disso, a tecnologia low-code permite que as empresas construam e implementem soluções de automação mais rapidamente e com menos recursos.

3. Maior precisão e conformidade:

Erros humanos em processos manuais podem ter consequências significativas para as empresas, levando a perdas financeiras e problemas de conformidade. O RPA elimina o risco de erros humanos ao executar tarefas com precisão e consistência. A automação garante a entrada precisa de dados, reduz duplicações de dados e minimiza a probabilidade de violações de conformidade. Além disso, o RPA fornece uma trilha de auditoria das atividades, facilitando às empresas a demonstração de conformidade com os requisitos regulamentares.

4. Escalabilidade e flexibilidade:

O RPA oferece escalabilidade e flexibilidade para acomodar as mudanças nas necessidades dos negócios. À medida que as empresas crescem e evoluem, o RPA pode adaptar-se facilmente para lidar com volumes crescentes de trabalho e novos requisitos de processos. Com a tecnologia low-code, as empresas podem modificar e atualizar rapidamente os fluxos de trabalho de automação sem grandes esforços de codificação. Esta flexibilidade permite que as empresas respondam rapidamente às exigências do mercado, garantindo que a automação permaneça alinhada com as metas e objetivos do negócio.

5. Experiência aprimorada do cliente:

A automação por meio de RPA pode melhorar significativamente a experiência do cliente, reduzindo os tempos de processamento, eliminando erros e permitindo tempos de resposta mais rápidos. Por exemplo, o RPA pode automatizar a integração do cliente, o processamento de pedidos e a resolução de consultas, resultando em uma entrega de serviços mais rápida e precisa. A tecnologia low-code permite que as empresas desenvolvam soluções de automação centradas no cliente com maior velocidade, permitindo-lhes atender e superar as expectativas dos clientes.

Conclusão

A Automação Robótica de Processos oferece benefícios significativos para organizações que buscam automatizar processos e aproveitar a tecnologia de baixo código. Ao adotar o RPA, as empresas podem obter maior eficiência e produtividade, economia de custos, maior precisão e conformidade, escalabilidade e flexibilidade e melhor experiência do cliente. Juntamente com a tecnologia low-code, o RPA torna-se ainda mais acessível, capacitando as empresas a automatizar processos sem amplo conhecimento de codificação. À medida que elas continuam a abraçar a transformação digital, a RPA com tecnologia low-code desempenha um papel crucial na promoção da excelência operacional, permitindo que se mantenham competitivas e prosperem no cenário empresarial em evolução.

Compartilhe esse case

OUTROS POSTS