Como a Profectum transformou a Base de Dados de uma das maiores redes de saúde do país, integrando mais de 25 sistemas de tecnologia

No mundo pós-pandemia, a busca por serviços relacionados à saúde cresceu exponencialmente, assim como a espera para a prestação de muitos serviços relacionados ao bem-estar físico e mental. Neste cenário, as empresas do segmento de saúde têm aumentado seus investimentos para conseguir atender à crescente demanda e reduzir filas de espera por atendimento. 

Uma das principais saídas encontradas tem sido a utilização de tecnologias disruptivas, que conseguem absorver e otimizar processos, assim como expandir a atuação médica para a esfera digital, como é o caso do serviço de telemedicina que oferece atendimento online e encaminha o paciente para o hospital somente quando é preciso. 

De acordo com um estudo realizado pela International Data Corporation (IDC) – “Worldwide Healthcare Industry 2023 Predictions”:

  • 65% das organizações de saúde vão investir em softwares de AI para melhorar a governança e desenvolver tratamentos mais personalizados;
  • 33,4% irá priorizar a digitalização dos fluxos de trabalho repetitivo; 
  • 32,6% Vão aumentar os seus aportes com cibersegurança.

Um dos grandes diferenciais competitivos das empresas do segmento está justamente na capacidade de adicionar as novas tecnologias como ferramentas de otimização da experiência do cliente, seja antes, durante ou depois do atendimento. 

Entre as possibilidades desse crescente processo de digitalização das empresas de saúde está a integração entre os sistemas, permitindo uma comunicação mais fluida entre as equipes, validação dos dados, automatização de processos, mitigação de erros, diminuição do retrabalho e correção de gargalos, o que potencializa a capacidade de promover um atendimento de qualidade aos pacientes.

A rede de saúde

Trata-se de um sistema de cooperativas médicas brasileiro que atua como operador de planos de saúde. O sistema é líder no mercado privado nacional e está presente em 83% do território brasileiro. É considerada a maior cooperativa de saúde do mundo e a terceira mais lucrativa, segundo a Aliança Cooperativa Internacional.
Nos últimos anos, tem crescido cada vez mais e busca  uma constante melhoria em seus processos. Contando uma longa parceria com a Profectum, através do serviço de Outsourcing, e seus especialistas dedicados a solucionar os principais desafios na área de processos e tecnologia, a empresa de saúde tem obtido resultados promissores e promovido uma verdadeira transformação digital.

Desafio

Pensando em garantir um atendimento eficaz e ágil para os seus clientes, a cooperativa médica possuía a necessidade de integrar dois sistemas: o primeiro é uma solução digital para médicos e pacientes, que facilita a prescrição e compra de medicamentos; o segundo é um sistema de gestão hospitalar, utilizado para gerenciar informações clínicas, assistenciais, administrativas, financeiras e estratégicas. Sendo assim, a integração entre as duas soluções era necessária para que fosse possível agilizar o processo enfrentado por médicos e prestadores de serviços da rede de saúde, seja para solicitação de exames, entrega de receitas e/ou atestados.  


A principal dificuldade para integrar estes sistemas estava em uma lacuna significativa: a rede de saúde não contava com tecnologia de API, interface de comunicação entre diferentes sistemas. Embora as API´s facilitem a automatização de várias operações e consigam flexibilizar a entrega de serviços e informações, possuem um ticket elevado para as empresas e costumam exigir manutenção constante. Desse modo, a empresa buscou em seus especialistas disponibilizados pela Profectum para ajudar a encontrar a solução para esse desafio. 

Solução

Pensando em uma entrega mais assertiva, a equipe de Sistemas de Recursos Próprios da empresa enxergou uma nova perspectiva para o fornecimento de respostas e resultados para as solicitações que são realizadas: a criação de um Webservice, interface de compartilhamento de informações através da internet. Diante do desafio, a equipe se dedicou a explorar novas possibilidades, visando construir um serviço autônomo e eficiente que pudesse estabelecer uma perfeita comunicação de informações entre ambas as soluções.

Após uma minuciosa análise da plataforma a ser integrada ao sistema, a equipe concentrou seus esforços na implementação e testes no Webservice do hospital escolhido para o projeto-piloto, visando explorar todo o seu potencial. 
Com a integração da plataforma 1, a equipe conseguiu atualizar a base de dados da plataforma 2 de forma estruturada, viabilizando, assim, futuras integrações, como o próprio aplicativo da rede de saúde e relatórios de dados estratégicos para negócios.

Resultados

Desse modo, a  integração da plataforma trouxe diversos benefícios e eficiência para a rotina dos profissionais  da empresa, que possuem uma alta taxa de demandas. Assim, foi possível trazer uma maior facilidade na entrega de receitas, pedidos de exames e atestados, além de agilidade no atendimento devido à praticidade da plataforma. 

Para os beneficiários da rede de saúde, a integração trouxe mais eficiência e segurança, como a possibilidade do armazenamento da receita no celular do paciente, podendo ser consultada diversas vezes. Ademais, com a homologação da solução, a equipe expandiu seu alcance e realizou mais de 25 serviços adicionais, expandindo o seu uso para além do hospital em que foi realizado o projeto-piloto. Atualmente, o sistema é utilizado por outras equipes e integrado a outras plataformas, ampliando a facilidade para mais usuários da rede na solicitação de exames, entrega de receitas e/ou atestados.

Compartilhe esse case

OUTROS POSTS