Kart

10 lições que o Kart oferece para alcançar a alta performance!

Certa vez, fui convidado para uma reunião, algo normal, a não ser pelo fato de que ela aconteceria em uma pista de Kart. Estranho, mas parecia ser uma boa idéia. Na pior das hipóteses iríamos nos divertir!

Chegamos no local da reunião e outro participante nos fez o seguinte comentário:

“Corram e pensem sobre os pontos em comum entre situações que vão ocorrer na pista e o que você precisa para ser um profissional de sucesso.”

E assim foi feito, abaixo compartilho os pontos que observei e que a partir dessa experiência venho buscando aplicar no dia a dia da minha empresa:

Lição 1: Antes de correr, imagine como será!

Antes de iniciar a corrida, fomos convidados a dar uma volta a pé pela pista para conhecer o percurso. Naquele momento comecei a imaginar como eu faria cada curva, onde iria acelerar, construí um plano de execução.

Corrida de Kart 300x300 - 10 lições que o Kart oferece para alcançar a alta performance!

Antes de executar de fato, faça a pergunta: Qual é o plano?

Lição 2: Seja flexível, improvise!

Naturalmente a corrida não ocorreu conforme o plano, percebi rapidamente que quando o elaborei não tinha todas as informações necessárias e, notoriamente elas fizeram falta na execução da corrida.

Mas é preciso perceber que o plano não deve ser algo rígido e fechado, ele pode ser reconstruído e atualizado a partir do momento que novas variáveis vão surgindo. 

 

Quando percebi que meu plano inicial não contemplava tudo o que seria necessário para que eu alcançasse o êxito, tive um dos maiores aprendizados: aproveitar cada volta para evoluir. Então, a experimentação e o improviso começaram a fazer parte da jornada.

Lição 3: Existe o momento certo para acelerar e desacelerar!

Quem me conhece sabe que tenho duas características fortes: a competitividade e a ansiedade. 

Imagine só essas duas juntas, a combinação perfeita para rodar na pista. Meu pensamento inicial era: Tenho que ser mais rápido que todos.

 

Nessa linha, acelerar foi meu comando principal. Mas aí, o Kart, assim como a vida, demonstrou que:

“Para alcançar o sucesso não importa estar na velocidade máxima, o que realmente importa é estar na velocidade certa.”

Andar devagar pode dar uma sensação de segurança e provavelmente você não irá bater e nem rodar nenhuma vez, porém, dificilmente você estará entre os vencedores. Você não pode ir em uma velocidade acima do permitido pelas condições do percurso e de seu controle e com isso poderá estar colocando tudo a perder.

speedometer 662191 1920 300x300 - 10 lições que o Kart oferece para alcançar a alta performance!

Lição 4: Constância é o mais importante !

Com o aprendizado anterior comecei a adotar a estratégia de encontrar o melhor ritmo que eu poderia alcançar naquele momento sem errar. Busquei fortemente torná-lo constante. 

 

A pergunta chave é: “Qual o melhor ritmo que você pode alcançar AGORA, de maneira constante e sem cometer erros?” 

Lição 5: Melhoria contínua

Após conseguir compreender qual o ritmo que eu conseguia manter sem cometer erros, chegou a hora de começar a me desafiar, buscando assim aumentá-lo. A consequência dessa decisão? Rapidamente começaram a surgir os erros pois naturalmente estava saindo da zona de conforto.

A cada erro eu tinha uma oportunidade de aprender e buscar acertar!

Consequentemente, consegui perceber que estava evoluindo e isso conseguia ser medido com o tempo da volta que estava reduzindo gradativamente. 

 

As três próxima lições foram pontos fundamentais para que eu pudesse melhorar continuamente.

Lição 6: Qual a próxima curva?

Um fator relevante na corrida é que você não pode tomar decisões somente pensando naquele momento, é preciso sempre perceber qual é a próxima curva. 

 

É fundamental ter clareza que o final do movimento atual deve ser uma preparação para o próximo passo.

 

E você, já sabe qual é a próxima curva da sua vida?

Lição 7: Não perca o foco com o concorrente , olhe para o seu desempenho!

Uma armadilha que existe é você executar ações em função do seu concorrente. Isso faz você perder o foco dos seus pontos de melhoria e consequente perder a visão do melhor ritmo a se manter. 

Nessa situação, podem acontecer pelo menos dois efeitos colaterais negativos:

 

1.  Se você estiver na frente, por estar olhando sempre para o retrovisor você pode não usufruir do seu potencial máximo perdendo assim a oportunidade de aumentar a vantagem;

 

2.  Se você estiver atrás, poderá ir em um ritmo que não terá capacidade de controlar e você terá maior probabilidade de errar. Errar não é o problema, o verdadeiro problema é errar olhando para o outro, ou seja, você não conseguirá aprender com o seu erro ou conseguir estratégias diferentes que virem o jogo.

Lição 8: Habilidades não vem de graça!

Certa vez, escutei a seguinte afirmação: “Repetição é a chave da alta performance!”

Discordo fortemente disso, nem toda repetição nos traz benefícios. Existem pessoas que estão em empresas a mais de 15 anos, porém de experiência verdadeira ela só tem um ano, os 14 seguintes ela só repetiu o que fez no primeiro.

 

A importância da repetição é para fixar um conhecimento, após o aprendizado ser estabelecido é hora de encontrar novos formatos. Ao identificar novo formato, aprendemos e assim aplicamos sucessivamente.

 

A única repetição realmente válida é a do comportamento de estar sempre aprendendo novos formatos de melhores execuções.

 

Sempre existirá uma forma melhor de fazer!

Lição 9: É preciso comemorar!

Não existe nada mais motivador do que comemorar bons resultados! 

 

O que é um bom resultado?
Se para você o bom resultado é estar em primeiro lugar, a sua celebração levará um tempo maior para acontecer ou correrá o risco até de não ter o que comemorar.

 

Estabeleça metas e vitórias curtas, isso te ajudará a persistir no caminho do sucesso. Talvez, um caminho bacana seja definir como bom resultado ter um um tempo de volta menor que a volta anterior. Ou seja, ficar melhor do que o que você é nesse momento. 

Lição 11: Não há tempo para distrações!

No período que você decidiu estar na corrida, é preciso estar focado o tempo todo nela, cada segundo. Não adianta liderar e na última volta rodar o carro por imprudência, isso compromete todo o resultado de um trabalho. Atenção aos detalhes fará total diferença!

 

Inclusive na leitura do artigo, você percebeu algo errado? Entregamos 11 lições e não 10?


Pulamos da 9°. para a 11°, se percebeu, parabéns você está atento aos detalhes.

 

Siga em frente e o sucesso será certo !

Profectum 1024x1024 - 10 lições que o Kart oferece para alcançar a alta performance!
Assistente Virtual

Mais do que Assistentes Virtuais: Especialistas!

Em toda as listas de tendências de Tecnologia e soluções disruptivas encontramos Assistentes Virtuais, entra ano e sai ano e eles estão lá como promessa de inovação.

Muitas assistentes já nasceram e estão cumprindo com essa promessa, Siri, da Apple; Alexa, da Amazon; e Google Assistant, do Google são algumas plataformas que estão iniciando um trabalho de transformação dos negócios por meio de áudio/voz.

0AxYKYnRT hon6Jk 9epMxQ8m2S vOWSGi gY5cCeAak616jRcrQ6dq2dMH8xnbrHHu3ZXRqVzjgUxS1S AUvbTb79XCwrZAa0U22vHU0eM 2bE8LkNrqVBJXwsxjBLHcHOp u5r - Mais do que Assistentes Virtuais: Especialistas!

Curiosidade: Sabe por que a maioria das assistentes virtuais possuem vozes femininas? De acordo com a Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, as vozes de mulheres são mais acolhedoras e geram empatia, outros estudos apontam que essa preferência depende do assunto.

As assistentes listadas acima já realizam determinadas tarefas que otimizam o dia a dia dos usuários porém, e se esse potencial fosse aplicado em atividades mais robustas e inteligentes? Esse é o universo ideal. 

Em um primeiro cenário, as assistentes foram e talvez ainda sejam associadas apenas a tarefas de atendimento como chatbots ou busca de informações, muito pelo fato de que empresas não evoluíram com a tecnologia e outras não exploram o potencial máximo dessas plataformas, a questão é que, já é possível contar com mais do que assistentes, especialistas em tarefas, robôs que mais do que executar tarefas repetidas, aprendem e evoluem. 

ONDE ESSES ESPECIALISTAS VIRTUAIS PODEM TRABALHAR?

Essa tecnologia veio para tornar processos mais inteligentes, eficientes e entregar resultados mais rápidos e assertivos, sendo facilitadoras, executando mais de uma tarefa e podendo ser essas advindas de todos os departamentos de uma organização. 

Do marketing a logística, esses especialistas virtuais podem atuar em todas as áreas executando tarefas como:

Marketing

·         Pesquisa de mercado e coleta de dados

·         Automação de publicação nas redes sociais

·         Verificação de perfil/persona

·         Leitura de e-mail e classificação de ocorrências

Administrativo/Financeiro

·         Lançamento de contas a pagar/receber

·         Conciliações

·         Emissão de faturas/boletos

·         Emissão de notas fiscais

·         Gestão de contratos

TI

·         Processos de Backup

·         Análise e auditoria de processos

·         Gerenciamento do consumo de recursos

·         Atualização de versões

·         Migração de sistemas

Operações

·         Automação de relatórios

·         Extração/Verificação de dados

·         Preenchimento de planilhas

·         Envio de alertas operacionais

RH

·         Admissão/Demissão

·         Gestão de Benefícios

·         Gestão de Dados e Informações

·         Testes e avaliações de perfil

·         Banco de dados de currículos

… e muito mais! Quando se olha atentamente ao potencial dessas plataformas entende-se porque são mais do que assistentes, e sim verdadeiros especialistas que podem levar qualquer empresa a sua potência máxima. 

E você? Já pensou em usar um Especialista Virtual para executar tarefas dentro da sua empresa?

RH

O novo Recursos Humanos

Muito se fala em Marketing, Vendas e TI quando o assunto é transformação digital, porém o setor de recursos humanos é diretamente impactado nesse cenário e figura chave na geração dos resultados dentro da organização.

O primeiro passo nessa mudança é o reconhecimento de que o RH assumirá um novo papel e precisará estar preparado para isso, deixando velhos hábitos de lado e assumindo uma gestão dinâmica, moderna e eficiente.

jKjLZYthGB7rBxFAOXpiDfXbaPulxoVhd8g0fAL9Mci7JUdUUFmtbviS5bYJIjoD90QTKP3am2WkWpH5B1Vg0Z7dL4SKlAKa9rLpjarNX5y8bABkSzcZQeIwQQUrwcBAngeSAnxD - O novo Recursos Humanos

RH TRADICIONAL X NOVO RH

Por anos o setor de recursos humanos esteve atrelado aos departamentos administrativo e financeiro, sem escopo bem definido, acabava por ser uma função burocrática, responsável por documentos de entrada e saída de funcionários além de tarefas de apoio. 

Observa-se uma transformação nos últimos anos com relação a mudança não só do comportamento do consumidor final como do consumidor interno, está cada vez mais desafiador para as organizações a gestão dos colaboradores, ficando assim sob a responsabilidade do recursos humanos um papel mais engajado e participativo.

O novo RH precisa ser analítico, entender os anseios e gatilhos de cada departamento e indivíduo atrelando isso às metas e objetivos da empresa. Nesse cenário, tecnologias e metodologias são importantes para uma execução eficiente. 

O novo RH assume uma função estratégica e participa do planejamento executivo. São comuns tarefas e características como:

  • Compreensão dos produtos/serviços, departamentos e atividades pertinentes a cada área; 
  • Criatividade na elaboração de projetos e tarefas em prol do ambiente organizacional e colaborativo;
  • Engajamento com novas tecnologias e ferramentas que facilitem a comunicação interna, integração, busca de novos talentos e análises/feedbacks de satisfação dos gestores e operacional;
  • Abertura de diálogo para a diversidade e políticas de cunho social que colaboram para a o ambiente organizacional;
  • Aproximação do marketing e endomarketing 

VANTAGENS DO NOVO RH

Como dito acima, a figura do RH passou a ter um peso maior nas ações estratégicas da empresa e isso colabora para uma série de ganhos para todos os envolvidos. 

Inserido no contexto de planejamento da organização e integrado aos departamentos, o RH tem condição de tocar um processo seletivo com maior autonomia na busca por perfis específicos e que se encaixem na cultura organizacional. Um fruto desse crivo maior no processo seletivo é uma menor rotatividade, maior celeridade na adaptação ao cargo e resultados satisfatórios. 

Nesse novo contexto, o RH precisa estar mais perto do que nunca dos funcionários e gerar empatia e sentimento de pertencimento, inserir os colaboradores em uma perspectiva de colaboração e engajamento faz com que a satisfação dele aumente e a execução e resultado consequentemente.
Tempo para o que importa

A Visão sistêmica aliada a ferramentas e metodologias que potencializam a eficiência e retorno das tarefas levam a um ganho imensurável: Tempo. Quantas vezes o RH se perdeu nas rotinas de atividades burocráticas e problemas de colaboradores que tomaram tempo além do programado sem valor agregado? Isso impacta nas entregas e qualidade do trabalho. 

REALIZANDO A MUDANÇA
Os benefícios e ganhos são evidentes mas o trabalho é grande, é necessário entender que alguns desafios serão enfrentados e o gestor de RH precisa estar preparado.

Algumas medidas que serão necessárias:

  • Gestão de Tempo, aplicar metodologias para execução de tarefas e organização do escopo de trabalho; 
  • Planejar junto a outros departamentos as ações estratégicas com antecedência, não deixe acumular tarefas ou terceirizar o que é de responsabilidade do RH;
  • Estude boas práticas de outras empresas, realizar benchmark é pertinente ao RH, lembre-se que muitos colaboradores possuem o mal hábito de sempre olhar o gramado do vizinho, quando o RH se antecipa a isso e entende o que o mercado traz de novidade para o clima organizacional, a sua empresa também será a referência;
  • Busque constantemente alinhar o mindset dos colaboradores com o objetivo da empresa, invista em treinamentos e conteúdo.

Em um mundo onde as transformações são constantes e em alta velocidade, o novo RH é fundamental para a consolidação e crescimento da empresa.  

 

Maputo

Moçambique: Paraíso natural e terra de negócios

Em abril desse ano nós da Profectum fizemos a nossa primeira viagem internacional a negócio, sim, um projeto incrível com o Ministério do mar, águas interiores e pescas de Moçambique.

O que conhecíamos de Moçambique? Muito pouco! Sabe-se que é um país economicamente pobre porém com belíssimas praias e um povo acolhedor.

Em Maputo, capital do país, passamos quase 15 dias e iremos voltar agora em Julho para a próxima etapa do projeto. 

Maputo

Terra de Negócios

Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas

Realizamos um projeto de Gestão de Processos e melhorias com o Ministério do Mar, águas interiores e Pescas de Moçambique. 

Qual era o gargalo deles? Lentidão na tomada de decisão!

No Serviço público essa realidade não é novidade, mas em Moçambique há um agravante. Quando se fala de fundos que conduzem os projetos de fomento no país, gera-se um ciclo vicioso, quanto mais se pretende gastar com as verbas mobilizadas do fundo, maiores são os desafios de gestão para utilizá-la de forma eficiente e  rápida.

Eles não tem processos ágeis e inteligentes para isso.

Uma curiosidade: quanto menos se gasta menor é probabilidade de conseguir mais verbas.

O que fazer? Tiro curto.

Focamos em melhorias de tiros curtos, com ganhos relevantes e rápidos. Usamos um processo padrão, automatizado em um ferramenta simples de automação de processos para estabelecer um resultado viável.

Começamos em duas semanas a gerar ganhos de comunicação, agilidade e eficiência. Desafogar pessoas e dar mais tempo para focar nas atividades relevantes foi nosso principal objetivo.

RESULTADO: Novo processo mais enxuto com redução de 50% das atividades.

O tal do deixa vida me levar em Moçambique

Ouvimos do PCA (presidente do conselho de administração do fundo) que culturalmente o povo de Moçambique está habituado a fugir de prazos e serem de certa forma indolente.

Curiosidade: ”SIM SIM. ESTOU A PERCEBER” é frase típica por lá.

Na verdade, ela pode significar desde um “ok”, “beleza”, “entendi”ou só uma forma de enrolar e fugir da responsabilidade.

O que vimos em Moçambique

Mão inglesa e frota oriental: por influência da África do Sul, o sentido do trânsito é invertido do que estamos acostumados. A frota é antiga, Maputo importa carros asiáticos usados. Parecem carros do começo dos anos 2000. Muitas marcas orientais que mesmo ao longo do tempo demonstram sua qualidade e durabilidade. Há muitos modelos da Toyota nada comuns no ocidente.

Mão inglesa

Mão Inglesa em Maputo

Chopelas uma alternativa Lean para o trânsito de Maputo: provavelmente você já deve ter visto um desses em algum lugar, é um triciclo inspirado no tuque-tuque da Ásia.  Muito útil onde se tem um trânsito pesado e ruas estreitas, ele comporta até duas pessoas. Custa em torno de MT 250 (R$ 16,00) para ir a qualquer lugar, preço justo se comparado a outros meios de transporte alternativos.

Chopelas

Chopelas em Maputo

Consumo de energia “puxada”: O CREDELEC. É um sistema de venda a crédito (Pré-Pagamento) de eletricidade. É uma tecnologia de ponta à disposição dos consumidores, oferece a possibilidade de controlar os seus gastos de energia, isto é, permite ao consumidor decidir sobre quanto quer ou pode gastar durante um determinado período de tempo. Esse sistema evita desperdícios, empodera o cliente sobre decidir sobre sua demanda, dá maior transparência sobre seu consumo, elimina um processo de corte ou religação, elimina multas por atraso, dentre outros.

Energia

Energia em Maputo

Telefonia com valor para usuário: Apesar de enfrentar um séria de dificuldade na infraestrutura em geral, é possível que a partir de 7 centavos de Meticais utilizem a telefonia móvel, ela permite aos clientes pagar apenas os segundos que falam, otimizando assim o seu saldo do pré-pago. Outro fator interessante é a flexibilidade e agilidade com que os clientes podem utilizar seus créditos. Transferir saldo de tempo de chamada para dados e vice e versa, consultar saldo, históricos e até transferir créditos para outras pessoas é simples e rápido, tudo  pelo próprio celular.

Telefonia

Telefonia em Maputo

O que esperar de Moçambique no mercado de negócios? 

Percebe-se que é um país que apesar de economicamente debilitado, desde a guerra civil em 1992 vem reconstruindo sua economia, possui recursos que quando bem explorados, irão alavancar o retorno. 

Segmentos promissores: alimentos e bebidas, cosméticos, eletrodomésticos, máquinas e equipamentos de pequeno porte, materiais e serviços de construção civil, moda, utensílios e ferramentas agrícolas e industriais, utilidades domésticas.

Boas oportunidades de negócios: serviços e consultorias nas áreas da carpintaria, construção civil, engenharia e projetos, elétrica, mecânica, montagem de estrutura metálica, pedreiros e ajudantes, serviços de informática, telefonia e Internet.

Informações de Moçambique

  • País da África subsaariana (região abaixo do deserto do Saara), fica na costa leste próximo a África do Sul.
  • Maputo é a capital e maior cidade, é o centro financeiro. Região metropolitana possui um pouco mais de 3 milhões de habitantes.
  • País pobre. Pra se ter ideia o PIB de Moçambique é menor do que de fortaleza
  • Moeda: Metical. R$ 1,00 equivale a 16 MZN
  • Pelo catálogo, conhecido mundialmente como Ethnologue, Moçambique tem 43 línguas, incluindo o português e a língua de sinais. No entanto, o Núcleo de Estudos de Línguas Moçambicanas só reconheceu 22. 
Metodologia Lean

Metodologia Lean: Enxugando Processos

Você conhece a Metodologia Lean? Uma das principais ferramentas utilizadas por empresas que buscam melhorar os resultados, ela ainda é desconhecida por muitos e por isso esse artigo.

O Lean propõe cortar tudo que não agrega valor dentro de uma cadeia de processos, enxugar é a palavra chave!

“A Metodologia Lean transforma uma empresa”

Por envolver mudança cultural, o desafio de implementar a metodologia é grande, mas os benefícios gerados em todas as etapas e resultado final é uma recompensa que vale a pena.

LRtDXHk6IUEfmQ8rcHO7qcMKJpb7vF NVv0oUrUAfd1rXp4vbmePNVD2IfNfBm p7mkQeOuaUgT4rD9BziSXr73BklTAt7AQpewvfCa EeluQH4jYM5 EmAdHyXA548tEF9DJbDZ - Metodologia Lean: Enxugando Processos

Quais são as etapas do Lean?

Enxugue o Modelo de Negócios

Antes de perder tempo com um extenso relatório, planejamento ou projeto, utilize ferramentas visuais para mapear etapas importantes e montar o seu modelo de negócio.

Desenvolva Clientes

Já tem estruturado e visualmente palpável o seu modelo de negócio, hora de gerar hipóteses e testar com a perspectiva dos seus clientes. Para isso é necessário trocar informações, buscar opiniões e levantar alternativas acerca de: preço, modelo, características, canais… de potenciais interessados.

Agilidade

Por fim, hora de colocar em prática sem perder tempo e com a metodologia de lançar, testar, mudar, lançar, testar e mudar… receber feedbacks e alterar para entender o que gera mais conversão.

Aqui o importante é tempo, interatividade e mudança!

E os benefícios?

Fazer mais com menos, alinhando e padronizando as atividades e gerando mais resultado é o objetivo do Lean. Ele gera:

  • Mais qualidade no PRODUTO, SERVIÇO e ATENDIMENTO
  • Otimização e organização dos recursos da empresa
  • Aumento de produtividade e eficiência dos colaboradores e gestão
  • Colaboradores engajados
  • Mais lucro
Metodologia Lean

Aplicação

O Lean surgiu na indústria automobilística, hoje a metodologia se aplica a área da saúde, logística, distribuição, serviço e qualquer outro segmento, ou seja, onde tem processos pode-se aplicar o Lean.

Extremamente adaptável, os resultados positivos são rapidamente identificados e o resultado pode te surpreender!